Loading...

blogdecrisartes

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Se pudéssemos ter consciência do quanto nossa vida é passageira,
talvez pensássemos duas vezes antes de jogar fora as oportunidades,
que temos de ser e de fazer os outros felizes.
Muitas flores são colhidas cedo demais, algumas mesmo ainda em botão.
Há sementes que nunca brotam e há aquelas flores
que vivem a vida inteira até que, pétala por pétala,
tranquilas, vividas, se entregam ao vento.
Nos entristecemos por coisas pequenas e perdemos minutos preciosos.
Perdemos dias e, às vezes, anos.
Nos calamos quando deveríamos falar
e falamos demais quando deveríamos ficar em silêncio.
Sempre reclamamos do que não temos, achamos que não temos o suficiente e,
esquecemos de agradecer por tanto que temos.
Cobramos da vida e dos outros, mas esquecemos
que deveríamos cobrar na verdade, seria a nossa mudança para melhor.
Não passe pela vida mas, a viva imensamente.
Sobreviver somente não basta, é preciso marcarmos nossa presença.
Sempre haverá um novo dia para reconstruirmos alguma coisa.
Não perca mais tempo pois, é hora de agir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário